Como trabalhar com programação morando no interior?

Autor(a):

Primeiramente vou falar com quem está começando do absoluto zero na área e ainda não começou nem estudar programação. Mas suponho que você disponha de um recurso básico, um computador com acesso a internet banda larga.

Se tem apenas acesso a internet via celular, sinto te desapontar mas você não vai conseguir aprender e exercitar todo o necessário para se tornar um programador profissional em tempo hábil apenas utilizando um smartphone.

Aparentemente o acesso à banda larga tem melhorado e atingido cada vez mais o interior do país. Muito provavelmente sem uma banda larga decente você não estaria nem assistindo esse vídeo.

Outra coisa é que você não precisa de um supercomputador para começar, se você tem um celular de última geração, você pode, por exemplo, trocar ele por um notebook com alguém e comprar um celular menos potente. 

O próximo passo é começar a estudar programação, e já falei bastante disso nessa série e você pode ver os episódios anteriores no card que vai aparecer ai agora. Tem algumas formas de se preparar, a primeira é fazer uma graduação nas áreas de TI, mas suponho que você more no interior de verdade mesmo e não tenha esse curso presencial ai na sua cidade. 


Dica pra você que está a procura de uma colocação no mercado de desenvolvimento: cadastr-se no GeekHunter, já consegui algumas vagas para atuar remotamente por lá, em empresas muito legais e reconhecidas nacionalmente, corre lá, cadastre-se e confira:


Mas você pode utilizar o computador para encontrar um curso EAD! Cuidado na escolha, pesquise muito bem a instituição, o curso e se possível troque idéia com alguém que concluiu o curso. Trilhando por esse caminho, você estará apto a fazer concurso público, talvez a vaga que venha a ocupar não seja relacionada diretamente a programação, mas estara empregado e com salário um pouco melhor que a média da sua região.

Outras formas de se preparar é lendo livros e fazendo cursos livres. Existem várias escolas de programação online, inclusive a CodDev, acesse coddev.com.br e veja nossa lista de cursos. Aproveita para se inscrever na nossa lista de email para receber informações sobre as próximas turmas.

O bom que cursos livres, é que você recebe informações atualizadas e de acordo como mercado de trabalho atual, isso facilita muito, e logo você vai conseguir entregar seus primeiros trabalhos. Já falei sobre aprender programar sozinho nessa playlist e você pode encontrar o link no primeiro comentário desse vídeo.

Agora suponho que você já tenha estudado, esteja atualizado com o mercado de trabalho e esteja pronto para se candidatar a vagas de trabalho. Mas na sua região não existe mercado de trabalho! Se existir vagas de programação provavelmente o valor pago vai ser condizente com o custo de vida da sua cidade e região e estará muito aquém do que você vê em sites de vagas para grandes capitais.

Mesmo assim, se tiver a chance de ocupar uma vaga de programador dentro de uma empresa, mesmo que seja em tecnologias antigas, isso vai trazer muitas experiências e ensinamentos que vão compensar o baixo salário. Outra coisa é que você não precisa trabalhar nessa empresa pra sempre, se sentiu que já aprendeu o suficiente ou arrumar outra vaga melhor, peça demissão!

Mas vamos supor que na sua região não existem empresas com vagas para programador e sua única opção é ser freelancer, ou ser freelancer é a sua primeira opção! Vou fazer ainda um vídeo nesta série falando especificamente de como conseguir seu primeiro freela, mas o que vou dizer por agora é que você pode conseguir seu primeiro freelance enquanto estuda, não pense em ganhar muito dinheiro logo de começo, pense em construir seu portfólio para com ele conseguir mais clientes que pagam melhor e permita que você inclua trabalhos mais relevantes ao portfólio.

Depois de um tempo com freelancer, suponho que você vai ter um portfólio muito bom, e possivelmente vão surgir oportunidades de trabalhar alocado ou remotamente se for do seu interesse.

Ou ainda você pode optar por ter sua própria agência/empresa de desenvolvimento.

Lógico que isso tudo não vai vir de graça e nem vai acontecer do dia pra noite. Pode levar alguns anos entre começar estudar programação, fazer freelancers e ser contratado remotamente ou se tornar um empresário. Estou retratando o caminho feliz, as oportunidades. Cabe você com muita pesquisa e reflexão fazer as escolhas que sejam certas pra você.

Em resumo, se você mora no interior não desista da área de tecnologia pelas suas primeiras impressões, por achar que não terá oportunidades de trabalho, ou por outras dificuldades que você venha encontrar, saiba que é possível!

Atualmente moro em Campo Grande, Mato Grosso do Sul e trabalho com programação a 13 anos. Tive que sair em 2004 da cidade de Nioaque aqui no interior do estado para cursar Análise de Sistemas na UFGD em Dourados, depois da conclusão minha única opção foi me mudar para capital que era o único lugar onde eu poderia arrumar emprego.

Atualmente sou Consultor de TI e presto serviço para uma grande empresa da área da saude, me sinto muito feliz em poder compartilhar um pouco da minha história aqui com vocês. E a mensagem é essa, não desista e sucesso!

E confira as vagas lá na GeekHunter!

Mais vídeos em: https://www.youtube.com/c/CodDevTV

Cadastre-se você também na GeekHunter.